Mesmo Delivery – R. Grampá

“Mesmo Delivery” é o primeiro graphic novel solo do brasileiro Rafael Grampá. Depois de ter lançado e ser reconhecido por trabalhos conjuntos com outros mestres das HQs nacionais, Fabio Moon e Gabriel Bá, por exemplo, Grampá estréia em grande estilo.

Além de conter um visual fantástico, extremamente detalhado e original – sem dúvidas, o ponto alto do trabalho -, “Mesmo Delivery” pode ser encarado como uma reflexão sobre o próprio fazer quadrinesco.

O “mesmo” que é entregue (delivered) de igual não tem nada. As entregas são séries de assassinatos. O Assassino, Sangreco, é um “artista” cuja arte ninguém aprecia, segundo ele mesmo. Esse “artista” não valorizado, que cria arte com a violência, a sua arte, a arte apreciada só por ele, pode ter um paralelo com o próprio Grampá, que com seu traço genial, mas com temática bastante violenta, entrega, talvez, o “mesmo”, uma história em quadrinho, no entanto, sua entrega é um quadrinho “matador”.

Sem contar com os problemas referentes à não-aceitação notória dessa forma de arte muito provavelmente sofridos na pele pelo próprio Grampá. A fala de Sangreco é ilustrativa, nesse sentido, “Vai ser a primeira vez que eu vou ver a carga dirigindo o caminhão”. Entrega, entregador, personagem, autor e leitor são identificados como partes semelhantes de um mesmo processo: produção e recepção de uma arte bastarda. Sangreco mata “artisticamente”, Grampá artisticamente “mata”. E nós, os receptores, recebemos nossa entrega, a própria HQ, um possível “mesmo”, com surpresa e espanto.

Mas, em última análise, o que vale mesmo é o fantástico produto final. Se você gosta de HQ, procure; se não gosta, talvez seja um bom momento para começar.

Anúncios

~ por tarsodoamaral em 27/10/2008.

2 Respostas to “Mesmo Delivery – R. Grampá”

  1. Gostou hein garoto, virou até post também … 😉 … bacana essa abordagem com relação ao nome da HQ, fez todo o sentido pra mim. Estou curioso pra ver o “5”, vencedor do prêmio. Depois vou pegar com o Fabrício.

  2. Raul, gostei sim.
    Tentar ler esse outro aí, deve valer.
    T+!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: