Gemma Bovery

Posy Simmonds é uma cartunista de longa data do jornal inglês The Guardian. Durante a década de 90, nesse mesmo jornal, Simmonds publicou serialmente a história Gemma Bovery, uma paródia do clássico romance Madame Bovary de Gustave Flaubert. Posteriormente, a história foi coletada e organizada em um único volume. É sobre esse volume o presente texto.

gemmaEm um primeiro momento, Gemma Bovery parece ser um amálgama de romance e HQ. Contudo, no meu entender, sua leitura deixa claro que o produto final é, na verdade, um romance ilustrado. O aspecto ilustrativo dos quadrinhos é superior à sua efetiva função de auxiliar no sentido do que é contado. Obviamente que sem as ilustrações/quadrinhos o sentido da obra seria outro; No entanto, eles não chegam realmente exercer uma influência tão essencial assim na história contada. Por sinal, absurdamente mais banal do que a original.

O suposto humor presente também na obra passa, na maioria da vezes, despercebido e acaba soando forçado. No entanto, o cuidado, esmero com que as ilustrações/quadrinhos são feitos adiciona á obra uma beleza que seu texto sozinho não conseguiria nunca sustentar por conta própria.

Os personagens são fracos e não convencem: Raymond Joubert, o narrador e um dos protagonistas da trama é enfadonho, neurótico demais e compromete tanto a veracidade da história, como sua qualidade final; Gemma Bovary é a mais interessante, mas mesmo assim, no saldo final, parece ser somente mais uma destemperada que tem uma morte ridiculamente absurda.

O ponto alto fica por conta do esmero da edição nacional da obra, lançada pela Conrad. Um edição de luxo lançada em 2006 com capa e editoração muito bem cuidados. O preço é que continua bastante salgado.

No geral, Gemma Bovery distrai. Nada mais do que isso. A presunção de uma bem-sucedida união entre romance e quadrinhos não é alcançada. A imagem é ilustrativa e o texto fraco demais. A obra de Flaubert continua a gerar pensamento e arte, mas, definitivamente, continua única e inimitável.

Anúncios

~ por tarsodoamaral em 25/11/2008.

2 Respostas to “Gemma Bovery”

  1. E seu o exemplar? Depois quero conferir, mesmo não valendo a pena … HQ é comigo mesmo, hehehe … vlw rapa!!!

  2. Raul, o exemplar é meu sim.
    Depois é só levar.
    t+!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: