Marc Augé – Não-Lugares

59882

Nesse ótimo e de fácil compreensão livro/ensaio, o antropólogo francês Marc Augé cunha os termos “não-lugar” e “supermodernidade” para se referir a locais bastante comuns na nossa sociedade contemporânea. Esses “não-lugares” seriam locais de passagem, locais que, propositadamente, não deveriam criar, gerar relações afetivas, mas sim ser, cada vez mais, não particularizados. Nesses lugares, o indivíduo teria, ao mesmo tempo, a capacidade de ficar sozinho e de se tornar-se efetivamente mais um número indiferenciado. Exemplos desses lugares seriam aviões, aeroportos, trens, shopping-centers, restaurantes fast food e por aí vai. A “supermodernidade” seria a nossa contemporaneidade, que produz, segundo Augé, cada vez mais, esses “não-lugares”.

Gostei muito do livro e do modo como o autor desenvolve seu raciocínio, especialmente como relaciona a modernidade com essa “supermodernidade”: exemplos da literatura são muitos e bastante elucidativos. No entanto, me ficou a impressão de que Augé encara esses “não-lugares” de modo demasiado negativo e a premissa de que não geram memórias afetivas significativas simplesmente não procede. Talvez, a perspectiva de Michel de Certau, que acredita numa postura delinquente, subversiva do indíviduo comum, que, de um modo ou de outro, acaba rompendo com a racionalização dos espaços, tenha uma efetividade maior em relação ao que ocorre no mundo real.

No geral, o saldo é positivo e o livro promove uma sadia reflexão sobre nossos tempos.

Recomendado.

Anúncios

~ por tarsodoamaral em 27/09/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: