Os cachorros da praça Ana Amélia

como dormem os cachorros da Praça Ana Amélia…

 

vagabundos

moribundos

preguiçosos

cães

 

alheios cães

sem donos

sem rumo

sem nomes

os cachorros da Praça Ana Amélia

 

que inveja de sua calma

que vontade de sua brisa

do seu respirar

 

deitados

relaxados

quase mortos

quase vivos

adormecidos

infantis

 

por favor,

não acordem os cachorros da Praça Ana Amélia

por favor,

não acudam os cachorros da Praça Ana Amélia

não os perturbe

 

silêncio!

 

nessa santa casa

nesse hospital de vento e pedra-sabão

nesse santuário

dormem os cachorros da Praça Ana Amélia

 

entre robertas e robertos

entre poetas e pobres negras lindas

entre passadas de marinheiros sujos de tão limpos

entre escarros, árvores, folhas e advogados

entre burburinhos, buzinas, alarmes

e a indolência caymminiana

acordam os cachorros da Praça Ana Amélia

 

e voltam a dormir…

Anúncios

~ por tarsodoamaral em 15/03/2012.

3 Respostas to “Os cachorros da praça Ana Amélia”

  1. Logo tu, o mais cinófobo de meus confrades, versa o cotiano metafórico dos caninos?

  2. dos caninos?

  3. POr favor não acordem os cachorros de nenhuma praça!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: