2 Portas – Nada que há nos agrada

Imagem

…de águas calmas, um angustiado grito de revolta se avulta:

chega à praia de nossos sentidos a nova empreitada dos alquimistas sonoros do 2 Portas, o Ep “Nada que há nos agrada”.

São apenas 3 faixas, 3 partes da mesma canção que dá título ao Ep, cuja capa já nos dá uma idéia do que vem por aí: no direto do preto no branco, uma caravela, um barco (ébrio?), navega águas intraquilas e anuncia a tormenta sensorial que está por vir.

Já na primeira parte, é possível sentir o cristalino das gotas da água do mar, das notas, batidas, cordas e pratos: é o toque do mago Lisciel Franco polindo bruto diamante tirado das profundezas do underground carioca. Todo mérito à sua impecável produção e masterização: torna tudo mais claro, nítido.

E esse tudo não é muito em quantidade, mas em qualidade: são dois artistas fazendo chover no deserto. De quase nada, sai muito; de um urbano sertão, mar. E eles navegam, flutuam no sonho naufragado do qual a letra trata. Afinal, “nada que há”, título da primeira faixa/parte, os agrada.

É desse desagradável nada do sonho afogado que emerge, o que, na humilde opinião do escriba aqui, o que de melhor o 2 Portas produziu, até o presente: a segunda parte do EP, a faixa “nos”. Parece-me bastante sintomático que exatamente essa faixa, que, como afirmei, reflete o que a banda tem de melhor, faça referência direta e literal às pessoas dos fazedores de mágica do 2 Portas: “nos” =  nós. E, sim, a faixa é um fiel retrato de até onde puderam os dois chegar em seu navegar por ondas sonoras. O que se ouve é realmente um mar de barulho intrincado, elaborado, encaixado com tamanha precisão e potência que, novamente, dois são bem mais que 1 + 1. A matemática se confunde, se perde nessa maré orgânica de notas, batidas, melodias e ritmos. Maré essa que é nova, que instaura e cria o que não havia, que, do desagradável nada, gera o muito.

Do melódico e pulsante início da faixa, até a belíssima e intensa pedrada que é seu fim, acompanhamos os dois em sua viagem pelos sinestésicos labirintos de quem pretende navegar por aqueles mares nunca antes navegados. E, como diz a letras, é desses e nesses mares onde podemos realmente ver o que queremos e precisamos ver. E daí, sim, agradecer.

Obrigado.

O Ep termina com a terceira faixa, “Agrada”, como um pós-tormenta mais agradável, por assim dizer. Retoma-se a letra, mas com outro clima, com outro entendimento: “nada que há nos agrada”, mas navegar é preciso: é preciso, pois necessário: é do navegar que se sai do lugar e se vê, conhece o que de terra firme não se pode ter acesso; é preciso, pois tem e requer precisão: precisão essa, definitiva e claramente, expressa no cuidado com cada nota, com cada acorde, sílaba, batida e melodia trazidos à tona pelo talento e competência da banda, do produtor Lisciel Franco e do editor final Elísio Freitas.

E mais ainda, é preciso, pois do direto grito de angústia do título do Ep, urrado de dentro da tormenta de tudo, amanhece um emocionado outro grito só proferido por quem acha um caminho, depois de tanto vagar; um grito de quem pode voltar a navegar com mais segurança e mais acertos, pois já se sabe melhor:

Terra à vista!

Bem-vindos sejam, 2 Portas.

Link para download: http://2portas.com.br/wp-content/uploads/2009/10/2portas-2012-Nada%20que%20h%C3%A1%20nos%20Agrada.zip

Anúncios

~ por tarsodoamaral em 17/04/2012.

2 Respostas to “2 Portas – Nada que há nos agrada”

  1. CAraca, fiquei até com vontade de navegar nessa caravela. Que texto MARAVILHOSO!!!!
    Parabéns ao 2Portas e a vc meu poeta!!!!

  2. Valew o elogio. Mas o texto é só uma impressão sobre o som do 2 Portas. Esse sim, digno de nota.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: