carne d’água

saliva a língua

ela

delicada pétala

 

carne d’água

lisa

a deslizar

 

na oca boca

do mundo

fundo

balança o escuro

 

roça mucosa rosa

aflora, devora

 

gomos, sulco, lentos

 

carne e flora

carnivoraz

 

verás

em teu solo

úmido

meu

lar

Anúncios

~ por tarsodoamaral em 29/03/2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: